quinta-feira, setembro 07, 2006

Lou Ye proibido de filmar por cinco anos


O realizador chinês Lou Ye (Suzhou River) foi proibido de filmar durante cinco anos por ter apresentado o seu filme «Palácio de Verão» em Cannes sem a aprovação das autoridades, anunciou esta segunda-feira a imprensa oficial.

A administração estatal do audiovisual e do cinema da China proibiu o cineasta de difundir o filme junto do grande público sem a sua autorização, disse a agência noticiosa oficial chinesa. A interdição, que entrou em vigor dia 1 de Setembro, abrange também o produtor do filme, Nai An.

«Palácio de Verão», cuja acção decorre durante e após as manifestações pró-democracia da Praça Tiananmen, esmagadas pelo exército chinês em Junho de 1989, foi apresentado em Maio passado no Festival Internacional de Cinema de Cannes.

Segundo a agência Lusa, Lou Ye mostrou uma cópia do filme às autoridades, mas estas consideraram que se tratava de uma cópia de fraca qualidade e, por isso, não podiam dar o seu aval. O realizador, no entanto, decidiu apresentar «Palácio de Verão» em Cannes, afirmando que «o filme pertence a toda a gente» e assegurando que se trata de uma história de amor e não de um panfleto político.

Sérgio Lopes

4 Comments:

Blogger Marcus Vinícius said...

Bah, que coisa mais ignorante e retrógada, pleno século XXI e uma censura dessas. Lamentável...

Caro amigo Sérgio, confira o blog, quando eu puder lhe envio o DVD da atual resenha postada. Abraços.

1:13 da manhã  
Anonymous Monsenhor said...

Caro colega... não esqueci do compromisso... nem tô te enrolando... passei por um bocado por aqui... mas vou preparar td pra vc até esse final de semana...

4:44 da manhã  
Blogger cine-asia said...

Amigo Marcus:

não entendi o que quis dizer sobre o DVD...

Amigo Monsenhor:

Não se preocuoe. Eu aguardo pelo que combinamos.

Abraços

Sérgio Lopes

9:18 da manhã  
Blogger Marcus Vinícius said...

Sérgio, dê uma olhada no meu blog e verá ao que eu me refiro e quando eu puder eu lhe mando um DVD aí em Portugal, mas combinamos isso outra hora. Abraços

4:35 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home