sexta-feira, setembro 01, 2006

Presença asiática em Veneza


O 63º festival internacional de cinema de Veneza abriu no dia 30 com a estreia mundial do muito aguardado regresso aos filmes noir The Black Dahlia, um filme de Brian De Palma, com Scarlett Johanson e Josh Hartnet, nos principais papéis. Como sempre. o festival será uma montra de alguns filmes de qulaidade do continente asiático, uns em competição para o Leão de Ouro, outros, exibidos extra competição.

Em competição, serão exibidos o mais recente filme de Johnnie To (acabadinho de finalizar) Exiled e Hei Yanquan (em inglês, I Don't Want to Sleep Alone), do Chinês Tsai Ming Liang. Fora da competição oficial, poderemos assistir ao aguardado épico de Feng Xiaogang, The Banquet, com Ziyi Zhang e o novíssimo de Jackie Chan, de volta às comédias de acção, intitulado Rob-B-Hood. Esta edição tem também a curiosidade de contar com o conceituado realizador Sul-Coreano Park Chan-Wook (oldboy) como um dos membros do júri. Pena que o seu mais recente trabalho, o muitíssimo aguardado I'm a Cyborg, But That's Ok, não tenha sido finalizado a tempo de ser exibido no festival...

Sérgio Lopes

3 Comments:

Blogger Francisco Mendes said...

Este Festival de Veneza estreia quase tudo o que anseio ver desesperadamente. E como anseio por "Hei Yanquan" do mestre Tsai Ming Liang!

Abraço Sérgio.

10:19 da manhã  
Blogger cine-asia said...

Ya Francisco... Só é pena os novos do Park Chan-Wook ou de Kim Ki-Duk não serem exibidos neste festival. Mas temos por exemplo... Inland Empire de David Lynch!

2:39 da tarde  
Anonymous 180min said...

E Jia Zhang-Ke levou o leao.

10:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home