quarta-feira, outubro 25, 2006

Ressurection (Yomigaeri)

Japão, 2003, 126Min.

Página Oficial - Trailer - Fotos

Sinopse: Numa pequena cidade, os mortos, repentinamente, ressurgem diante de seus entes queridos. Uma equipa de estudiosos é enviada ao local para estudar esse estranho fenômeno, que em vez de trazer terror e pânico, traz de volta a esperança e a lembrança dos bons momentos do passado e a oportunidade de preencher lacunas deixadas pela perda e, assim, tentar recuperar o tempo perdido.

Crítica: Um rapaz caminha tranquilamente no meio da floresta até chegar a uma velha casa. Ao bater à porta, quem atende é uma senhora sexagenária, que em princípio parece desconfiar, mas depois diz convicta: “Filho, é você, filho?”. Então descobre-se que realmente se tratava de seu filho desaparecido há mais de 60 anos sem deixar vestígios.Kawada, um agente do governo é enviado ao local, que coincidentemente, é também a sua terra natal. Lá, encontra-se com a sua amiga de infância Aoi, que por sua vez, tenta recuperar da recente perda do seu namorado.

Pode-se dizer que o filme, a partir deste ponto, divide-se em dois. O primeiro, mais sobrenatural, procura apresentar os diversos casos de resurreição que vão surgindo e a maneira como os envolvidos lidam com o inesperado: um senhor e sua filha que reecontram a falecida mãe deficiente auditiva que havia morrido na mesa de parto; uma mulher que tenta recomeçar sua vida familiar com outro parceiro, mas o reaparecimento de seu ex-marido torna-se um obstáculo, e por aí em diante.

A segunda, envolve o relacionamento entre Kawada, Aoi e seu falecido companheiro. Enquanto Aoi, diante dos estranhos fenômenos, sonha com a volta de seu namorado, Kawada busca um lado mais racional e faz com que ela tente esquecer o passado e, céptico, diz que todos esses casos, são factos isolados. Como cobertura a esses dois caminhos, o realizador Akihiko Shiota trabalha ainda a história de um casal de músicos que retorna à parada de sucessos quando um deles retorna à vida. Usando não somente a música deles, mas também o belo relacionamento reatado inesperadamente.

A premissa de pessoas que retornam da morte pode parecer algo assustador, mas neste filme, não deixa de assumir um lado humano diante da realização de um profundo desejo comum a todos nós que é a volta de uma pessoa amada. É exactamente a partir desse espectro que Akihiko Shiota trabalha o tema da resurreição. Esse carga emocional e sentimental aliado ao lado sobrenatural, faz do filme um modo fantástico de pensar e encarar esse fenômeno.

Enfim, a interessante temática, aliada ao excelente trabalho dos actores e um olhar afetivo e correto do realizador sob um tema sobrenatural — sem abusar do sentimentalismo —, faz do filme um belíssimo ensaio sobre como encararmos as dificuldades do presente e como ficar preso ao passado afecta tudo isso.

Classificação: 7/10

Ric Bakemon

1 Comments:

Blogger cine-asia said...

Parece-me realmente interessante. Vou conferir e darei a minha opinião. Abraço Ric.

3:42 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home