sábado, maio 05, 2007

Zhang Yimou acusado de plágio na China

Zhang Yimou, o mais premiado realizador chinês, responsável por House Of The Flying Daggers e Hero, entre outros, foi acusado de plágio pelo Conselho Consultivo Político do Povo Chinês, informou a agência estatal Xinhua. A acusação foi feita pelo presidente da Associação Chinesa de Literatura Teatral e membro do Conselho Consultivo chinês, Wei Minglun, segundo o qual, o último filme do célebre realizador, Curse of the Golden Flower, foi baseado no romance dramático oriental Thunderstorm, que nem sequer é mencionado. "O filme, aparentemente, é um plágio. Embora o livro tenha sido citado em algum acto promocional, o argumento original não faz citação formal alguma ao filme. Também não foi feito agradecimento algum nos créditos", reclamou Wei.

Thunderstorm foi escrito por Cao Yu, um dos autores contemporâneos mais célebres da China e usado anteriormente em outros filmes e séries de TV do país asiático. Segundo as leis chinesas de propriedade intelectual, os direitos sobre as obras perduram por 50 anos após a morte dos autores. Assim, os de Cao Yu, falecido em 1996, continuam em vigor.

Curse of Golden Flower, ambientada na dinastia Tang (séculos 7-10), transformou-se num sucesso de bilheteria nacional, como todos os filmes de Zhang Yimou, embora muitos tenham criticado alguns detalhes do filme, como seu barroquismo, a violência gratuita e os excessivos decotes das actrizes. A atriz principal do filme é a ex-companheira e Yimou, Gong Li, que trabalhou com ele nos anos 80 e 90. Três filmes de Zhang Yimou já disputaram o Oscar de melhor filme estrangeiro – Ju Dou em 1990, Raise the Red Lantern em 1991 e Hero em 2002.

Marcus Vinicius

1 Comments:

Blogger wasted blues said...

Se plagiou, podia ter escolhido melhor fonte...

3:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home