domingo, agosto 26, 2007

Devilman (Debiruman)

Japão, 2004, 112Min.

Página Oficial - Trailer - Fotos

Sinopse: Ccom deslumbrantes anjos e aterrorizantes demónios, vivendo num mundo apocalíptico, o filme narra a história de dois amigos, na eterna luta no bem contra o mal.

Crítica: Devilman é uma adaptação da obra de Go Nagai (Kekko Kamen, Maboroshi Panty), que na década de setenta habitou a televisão japonesa com uma popular versão em anime - hoje um clássico. Trinta anos depois, finalmente temos uma versão em live-action trazida pelo realizador Niroyuki Nasu (BEBOP HIGHSCHOLL), talvez mais em computação gráfica, do que exactamente live-action. Com quilos e quilos de bytes, ele finalmente conseguiu recriar, não só o ambiente infernal, como também os incríveis pesonagens criados por Nagai: anjos deslumbrantes e demônios sedentos por dominação, para além de paisagens apocalípticas e avassaladoras.

Akira (Hisato Isaki) e Ryo (Yusuke Izaki) são dois adolescentes inseparáveis desde a infância. Mas uma coisa o faz diferentes entre eles. Apesar de ser órfão e morar com uma família adotiva, Akira cresce como um miúdo normal, enquanto Ryo manteve a sua paixão por monstros e demônios, além de ter atitudes poucos comuns a miúdos de sua idade, mantendo-se isolado, tranformando-o numa pessoa temida por seus colegas de escola.

O pai de Ryo é um cientista que descobre um portal ligado ao inferno. Um dia, os dois vão conhecer o laboratório dele e se deparam com o portal aberto. Akira, então, é possuído por espíritos do inferno que vêm à Terra para a dominação dos humanos. Mas Akira tem um coração puro e não se transforma por completo num demônio. Com um coração humano e o corpo de demônio, ele se transforma em Devilman. Enquanto isso, Ryo revela sua verdadeira identidade e se transforma no verdadeiro demônio. Outros espíritos também saem em busca de corpos que, capitaneados por Ryo, vão aos poucos transformando os humanos em demônios que vão espalhando o terror por todos os cantos da Terra. Akira, aos poucos, vai dominando suas forças e inicia um feroz combate com essas forças do mal. Ryo tenta ainda convencer Akira a se juntar a ele na conquista dos humanos...

A impressão final que fica é que o filme traz um enorme vazio e um certo desapontamento por se tratar de uma produção muito aguardada. Todo o esforço das toneladas de efeitos especiais em nada adiantam para evitar o marasmo do filme. Apesar do belíssimo visual criado pelos efeitos especiais e das batalhas entre anjos e demônios, jogam desfavoravelmente um argumento fraco e banal com actores pouco convincentes. A batalha entre o bem e o mal nunca foi tão cliché. É uma pena, pois os personagens criados por Go Nagai não são de deitar fora. Um filme com um belo visual mas apenas e só isso...

Ric Bakemon

1 Comments:

Blogger tanaca mendes said...

oi meu nome e larissa tenho 19 morro em teresina,alto da ressuceicao adorei o seu filme,mas nao consigor encontra mas ele.me enviar o filme(portugues)competo pelo email:larysemendes@hotmail.com
por favor

5:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home